Governo federal sanciona lei que substitui prisão de gestantes e mães de pessoas com deficiência

O Poder Executivo federal sancionou nesta quarta-feira, dia 19, a lei que prevê a substituição da prisão preventiva por domiciliar para a gestante, mãe ou responsável por crianças ou pessoas com deficiência.

O benefício poderá ser concedido nos casos em que o crime não tenha sido cometido com violência ou grave ameaça, e quando a vítima não for o próprio filho ou dependente da detenta.

 

Fonte: www.tjrj.jus.br

Média (0 Votos)